A MINHA ESCOLHA – MUAYTHAI

Maciej Skupiński_Mój wybór - Muaythai

Antes do início da minha aventura com os treinos de Muay Thai, eu tinha experimentado outros desportos e artes marciais. Na minha infância, durante a escola primária, treinei acrobacias, e karaté no ensino básico para eventualmente vir a conhecer o Muay Thai. Consegui a segunda classe em acrobacias e medalhas no WYO (Varsóvia Youth Olympics), karate 2 kyu e medalhas no Poland Championship, mas quando  assisti a uma luta de Muaythai na televisão, eu quis deixar todos os outros desportos e começar a praticar boxe tailandês. Graças ao seminário de Muay Thai, organizado em 2002 em Varsóvia, encontrei este desporto – foi quando tudo ficou claro para mim.

Eu estava ciente do fato de que apenas o Muay Thai satisfaria as minhas expectativas em aprender a lutar. As pessoas do meu bairro notaram que o Muaythai começou a sobrepor-se ao meu carácter irreverente, desafiador e difícil. Obviamente, as regras básicas obtidas com a prática de outros desportos foram úteis. No entanto, foi extremamente difícil aprender as técnicas tradicionais de luta de Muay Thai como argumento decisivo. Quando comprei uma passagem para a Tailândia para o meu primeiro campo de treino, senti que meus sonhos se estavam a tornar realidade.
Para isso era preciso uma segunda pessoa, um treinador, um grupo, trabalho duro e consciencioso.
Repetir centenas de golpes tornou-se aborrecido, mas necessário. Para conseguir um bom avanço no nível do muaythai, não é possível sem a ajuda de uma outra pessoa.

Eu treino Muaythai há 20 anos, posso assegurar que foi o treino duro que fiz todos os dias que fez crescer um reflexo incondicional em mim, que mudou a minha vida pessoal e profissional. O reflexo de assumir a luta e não desistir. O que Muaythai me ensinou é que quando encontro quaisquer adversidades, que não me permitem alcançar meu objectivo, faço o melhor que posso para superá-las e resolver os problemas.
Levei algum tempo para aprender e a preparar adequadamente qualquer “briga” na vida quotidiana.

O Muay Thai é um desporto muito espiritual. Um elemento inseparável desta arte marcial é a dança Wai Kru, que é uma demonstração de respeito pelo treinador como professor. Pode ser usado como aquecimento, bem como um momento de concentração intensificada.
Consegui unir a minha religiosidade com o Muay Thai, e com uma consciência limpa declaro que através deste desporto eu adoro a Deus.