COMPETIÇÃO SAUDÁVEL

Chiara Iacono Manno_HEALTHY COMPETITION

A palavra competição hoje é frequentemente associada ao significado de desafio, igualdade, rivalidade, assumindo uma valência negativa. Para entender o significado real da palavra é bom associá-la a outro conceito-chave: a competência. Ser competitivo não significa fazer melhor do que outros, mas dar o melhor. Então, a competição é a capacidade de jogar todos os recursos disponíveis (interior, exterior) para enfrentar uma situação. Toda a competência, entendida como saber, manifesta-se sob a forma de competição, que é, no início, um desafio consigo mesmo. Existem dois tipos de competição: o interior que nos motiva a todos a fazer sempre melhor que o exterior. A dimensão comparativa é útil para comparar com outros, mas é secundária ou deveria ser.

A competição é um elemento necessário para se realizar objetivos: é ativado durante situações em que uma forte motivação é sentida, determinada pelo prazer, pela paixão, mas também pela atração de pedidos difíceis. Esta é também uma característica importante para manter a atenção e a concentração. Quem considera a concorrência como uma fonte de ansiedade, deve tentar frequentar ambientes em que a expressão pessoal e a meditação sobre si mesmos sejam encorajadas. Em sentido inverso, esse tipo de pessoa deve escapar do local onde a atenção para o desempenho é muito proeminente.

A prática de muay thai ajuda a aumentar uma competição saudável no atleta júnior, uma competição como o desejo de realizar o melhor de si mesmo. Este desejo cresce porque este desporto aumenta a extensão da auto aceitação, estimulando em todas as competências e habilidades para se tornar alguém ou algo que é uma forma de processamento pessoal e independente, não copiado de modelos externos ou pré-definidos.

O Muay thai, apela, ao mesmo tempo, à dimensão comparativa da concorrência: esta comparação desportiva com a outra é inevitável. Para comparar com um parceiro, o atleta pode tirar o melhor, engajar-se de forma constante e não desistir. No entanto, é bom reconhecer quando a concorrência não é mais saudável. O desejo de comparar e medir o outro é positivo, quando é secundário e não o principal objetivo do treino.

Neste caso, na verdade, pode ser mau porque aumenta o desejo de ultrapassar o adversário e de se tornar o número um entre todos. Em muay thai o respeito é o valor mais importante que é ensinado aos lutadores.

Quem pratica muay thai tem que estar ciente do que é respeitado pelo adversário. Por esta razão, em muay thai, a comparação com os outros torna-se o desenvolvimento de uma competição saudável.